Cerimônia em São Paulo marca Flex na B3

A listagem da Flex no segmento Bovespa Mais da B3, bolsa de valores brasileira, atesta o compromisso da companhia em sua trajetória de crescimento. Agora, além de ressaltar sua transparência para profissionais e clientes, a empresa tem oportunidade de explorar novos mercados e criar uma exposição adicional positiva para possíveis investidores no futuro.

flex-noticia.jpg

A listagem da Flex no segmento Bovespa Mais da B3, bolsa de valores brasileira, atesta o compromisso e crescimento da companhia em seus quase nove anos de trajetória. Agora, mais do que ressaltar sua transparência para profissionais e clientes, a listagem dá a Flex a oportunidade de explorar novos mercados e criar uma exposição adicional positiva para possíveis investidores no futuro. Para marcar simbolicamente este momento, foi realizada nesta quinta-feira, 24, em São Paulo, o Toque de Campainha. A cerimônia na Bolsa contou com a participação de investidores da Stratus, diretores, conselheiros e superintendentes Flex.

“Ser um empreender no Brasil é ter mais que coragem. É ter persistência, saber levantar e querer sempre o melhor. Profissionalismo, Respeito, Flexibilidade, Felicidade e Lealdade são os nossos valores. E fazer a diferença na vida das pessoas é o nosso propósito. Quero agradecer aos fundadores, acionistas, conselheiros, fornecedores, diretores, superintendentes, nossos 13 mil profissionais e clientes, que são nossos amigos e parceiros. Nossos objetivos e sucesso são os objetivos e sucesso dos nossos clientes. E a listagem Flex na Bovespa vem consolidar essa imagem ética e transparente que a empresa sempre teve. A história da Flex só está começando”, ressaltou Topázio Silveira Neto durante a solenidade que contou com transmissão ao vivo pelo site e mídias da Bolsa.

Atualmente a B3 tem menos de 400 empresas listadas. Os segmentos de listagem são subgrupos da B3 que definem o nível de governança societária que uma empresa, após listada, deve ter. É o segmento que define regras como composição do conselho de administração, direitos mínimos de acionistas minoritários, entre outros. A partir de agora a Flex, além da necessidade do envio de informações trimestrais à Bolsa, passa a ser regulada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão do mercado que regula empresas listadas.

“A Bovespa Mais foi criada justamente para isso, para trazer essas empresas pujantes. É uma prova viva de como esse mercado se desenvolve. Aqui vira uma vitrine para a empresa e aumenta sua visibilidade para investidores. Sentimo-nos honrados de testemunhar este momento da Flex e agradecemos pela confiança”, salientou o vice-presidente de Produtos e Clientes da B3, Juca Andrade.

A Flex, que desde 2014 conta com aporte do fundo Stratus, deu um salto significativo nos últimos anos no setor de Gestão de Relacionamentos. Considerada a 7ª maior empresa do segmento no Brasil, a companhia investe constantemente em inovação e tecnologia, com serviços focado em crédito e cobrança, back office, retenção e reconquista de clientes.

A cerimônia da Flex na Bolsa foi finalizada com o ‘toque da campainha’, momento crucial da solenidade compartilhado por conselheiros e diretores, marcando assim a listagem da companhia no seleto grupo de empresas listadas na B3.